quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Cientistas batem recorde de maior temperatura já produzida pelo homem


 Não faz muito tempo que um grupo de cientistas do Laboratório Nacional Brookhaven, nos Estados Unidos, entrou para o Guinness Book depois de registrar a maior temperatura já alcançada pela humanidade, ao bater a marca de 4 trilhões de graus Célsius.

Entretanto, de acordo com uma notícia publicada pelo site Nature, agora foi a vez dos cientistas da CERN — Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear — conseguirem produzir a temperatura mais alta já registrada, que chegou a 5,5 trilhões de graus Célsius.

Assim como os cientistas norte-americanos, os europeus também estão envolvidos com as pesquisas relacionadas ao plasma de quarks-glúons, portanto, é bem provável que esse recorde de temperatura volte a ser superado em breve por um dos dois grupos de cientistas.
(Fonte: Nature e CERN)

Nenhum comentário:

Postar um comentário