quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Aniversário do Google


 Hoje 27 de Setembro é aniversário do Google, e por isso estou postando um pouco da história dessa incrível empresa, que muitos não conseguem passar um dia se quer sem usar um de seus recursos.


 Google é uma empresa multinacional de serviços online e software dos Estados Unidos. O Google hospeda e desenvolve uma série de serviços e produtos baseados na internet e gera lucro principalmente através da publicidade pelo AdWords. A empresa foi fundada por Larry Page e Sergey Brin, muitas vezes apelidados de "Google Guys", enquanto os dois estavam frequentando a Universidade Stanford como estudantes de doutoramento. Foi fundada como uma empresa privada em 27 de setembro de 1998 e sua oferta pública inicial foi realizada em 19 de agosto de 2004. A missão declarada da empresa desde o início foi "organizar a informação mundial e torná-la universalmente acessível e útil" e o slogan da empresa foi inventado pelo engenheiro Paul Buchheit, é “Don't be evil” em inglês e “Não seja mau” em português. Em 2006, a empresa mudou-se para sua atual sede, em Mountain View, Condado de Santa Clara no estado da Califórnia.
 O Google é executado através de mais de um milhão de servidores em data centers ao redor do mundo e processa mais de um bilhão de solicitações de pesquisa e vinte petabytes de dados gerados por usuários todos os dias. O rápido crescimento do Google desde sua incorporação culminou em uma cadeia de outros produtos, aquisições e parcerias que vão além do núcleo inicial como motor de buscas. A empresa oferece softwares de produtividade online, como o software de e-mail Gmail, e ferramentas de redes sociais, incluindo o Orkut, o Google+ e o descontinuado Google Buzz. Os produtos do Google se estendem à área de trabalho, com aplicativos como o navegador Google Chrome, o programa de organização de edição de fotografias Picasa e o aplicativo de mensagens instantâneas Google Talk. Notavelmente, o Google também lidera o desenvolvimento do sistema operacional móvel para smartphones Android, usado em celulares como o Nexus One e o Motorola Droid. O Alexa classifica o Google como o website mais visitado do mundo. O Google também foi classificado pela revista Fortune como o quarto melhor lugar do mundo para se trabalhar e como a marca mais poderosa no mundo pela BrandZ. A posição dominante no mercado dos serviços do Google levou a críticas da sociedade sobre assuntos como privacidade, direitos autorais e censura.

 O Google começou em janeiro de 1996 como um projeto de pesquisa de Larry Page e Sergey Brin, quando ambos eram estudantes de doutorado na Universidade Stanford, na Califórnia, Estados Unidos.
Enquanto os motores de busca convencionais exibiam resultados classificados pela contagem de quantas vezes os termos de busca apareciam na primeira página, os dois teorizaram sobre um sistema melhor que analisava as relações entre os sites. Eles chamaram esta nova tecnologia PageRank, onde a relevância de um site era determinada pelo número de páginas, bem como pela importância dessas páginas, que ligavam de volta para o site original.
 Um pequeno motor de busca chamado "RankDex" da IDD Information Services, projetado por Robin Li, desde 1996, já explorava uma estratégia semelhante para pontuação e classificação de páginas. A tecnologia do RankDex seria patenteada e usada mais tarde por Li, quando fundou a Baidu na China.
Page e Brin originalmente apelidaram de sua nova ferramenta de busca de "BackRub", porque o sistema de checava backlinks para estimar a importância de um site.
Eventualmente, eles mudaram o nome para o Google, proveniente de um erro ortográfico da palavra "googol", o número um seguido por cem zeros, que foi criado para indicar a quantidade de informação que o motor de busca podia processar. Originalmente, o Google funcionou sob o site da Universidade Stanford, com o domínio google.stanford.edu, com os direitos de autor mencionados à universidade no final de sua página à epoca.
 O nome de domínio "Google" foi registrado em 15 de setembro de 1997 e a empresa foi constituída em 27 de setembro de 1998. No início, sua sede ficava na garagem de uma amiga (Susan Wojcicki) em Menlo Park, Califórnia. Craig Silverstein, um colega de doutorado estudante em Stanford, foi contratado como o primeiro funcionário.

 O primeiro financiamento para o Google foi uma contribuição de US$ 100.000 em agosto de 1998 de Andy Bechtolsheim, co-fundador da Sun Microsystems, dada antes do Google ter sido incorporado. No início de 1999, quando ainda eram estudantes de graduação, Brin e Page decidiram que o motor de busca que eles tinham desenvolvido tomava muito do seu tempo a partir de pesquisas acadêmicas. Eles foram ao CEO da Excite, George Bell, e se ofereceram para comprá-la por US$ 1 milhão. Ele rejeitou a oferta e, posteriormente, criticou Vinod Khosla, um dos capitalistas de risco da Excite, depois de ter negociado com Brin e Page um valor abaixo de US$ 750.000. Em 7 de junho de 1999, uma rodada de 25 milhões dólares de financiamento foi anunciada, com os investidores importantes, incluindo as empresas de capital de risco Kleiner Perkins Caufield & Byers e a Sequoia Capital.
 A oferta pública inicial (IPO) do Google ocorreu cinco anos depois, em 19 de agosto de 2004. A empresa ofereceu 19 605 052 partes a um preço de 85 dólares por ação. As ações foram vendidas em um leilão online usando um sistema construído pela Morgan Stanley e Credit Suisse, os subscritores do acordo. A venda de 1,67 bilhões dólares deu ao Google uma capitalização de mercado de mais de US$ 23 bilhões. A grande maioria das 271 milhões ações permaneceram sob o controle do Google e muitos funcionários do Google se tornaram milionários de imediato. Yahoo!, um concorrente do Google, também se beneficiou, pois possuía 8,4 milhões de ações do Google antes da IPO.
 Algumas pessoas especularam que a IPO do Google, inevitavelmente, trouxe mudanças na cultura da empresa. Razões variam desde a pressão dos acionistas para a redução de benefícios dos empregados ao fato de que muitos executivos da empresa se tornariam milionários de imediato. Como resposta a esta preocupação, os co-fundadores Sergey Brin e Larry Page, prometeram, em um relatório a investidores potenciais, que a IPO não iria alterar a cultura da companhia. Em 2005, porém, artigos no The New York Times e outras fontes começaram a sugerir que o Google tinha perdido a sua filosofia anti-corporativa, sem mal (Don't be evil ). Em um esforço para manter a cultura única da empresa, o Google designou um Escritório Chefe de Cultura, que também trabalha como diretor de Recursos Humanos. O objetivo desse escritório é desenvolver e manter a cultura da companhia e trabalhar em maneiras de manter fiel aos valores em que a empresa foi fundada: uma organização plana, com um ambiente de colaboração. O Google também tem enfrentado acusações de sexismo e de discriminação etária de seus ex-funcionários.
 O desempenho das ações após a IPO foi bom, com quotas a bater os 700 dólares pela primeira vez em 31 de outubro de 2007, principalmente por causa das fortes vendas e dos lucros no mercado de publicidade online. O aumento no preço das ações foi impulsionado principalmente por investidores individuais, ao contrário de grandes investidores institucionais e fundos mútuos. A empresa está listada na bolsa de valores NASDAQ sob o símbolo GOOG e sob a Bolsa de Valores de Frankfurt com o símbolo GGQ1.

(Googleplex, em Mountain View, Califórnia, a sede da empresa)


 Em março de 1999, a empresa mudou sua sede para Palo Alto, Califórnia, lar de várias outras importantes startups de tecnologia do Vale do Silício. No ano seguinte, contra a oposição inicial de Page e Brin para um motor de busca financiado por anúncios, o Google começou a vender anúncios associados a palavras-chave de busca. A fim de manter um projeto organizado da página e aumentar a velocidade, as propagandas eram exclusivamente baseadas em texto. Palavras-chave foram vendidas com base em uma combinação de propostas de preços e cliques nos anúncios, com lances a partir de cinco centavos por clique. O pioneiro deste modelo de venda de publicidade por palavra-chave foi o Goto.com, spin-off do Idealab, criado por Bill Gross. Quando a empresa mudou de nome para Overture Services, processou o Google por alegadas violações das patentes do pay-per-click e de licitações. A Overture Services viria a ser comprado pelo Yahoo! e renomeado Yahoo Search Marketing. O caso foi então resolvido fora do tribunal, concordando com o Google para a emissão de ações ordinárias para o Yahoo! em troca de uma licença perpétua.
Durante este tempo, o Google conseguiu uma patente descrevendo seu mecanismo de PageRank. A patente foi oficialmente atribuída a Universidade de Stanford e classificou Lawrence Page como seu inventor. Em 2003, após superando dois outros locais, a empresa arrendou seu atual complexo da Silicon Graphics na 1600 Amphitheatre Parkway, em Mountain View, Califórnia. O complexo tem sido, desde então, conhecido como o Googleplex, uma brincadeira com a palavra googolplex, o número um seguido de um googol zeros. Três anos depois, o Google iria comprar a propriedade da SGI por US$ 319 milhões. Nessa época, o nome "Google" encontrou seu caminho na linguagem cotidiana, fazendo com que o verbo "google" fosse adicionado ao Merriam Webster Collegiate Dictionary e ao Oxford English Dictionary, cujo significado era "usar o motor de busca Google para obter informações na Internet."

(Sede do YouTube em San Bruno, Califórnia.)


 Desde 2001, o Google adquiriu várias empresas, com destaque para pequenas empresas de capital de risco. Em 2004, o Google adquiriu a Keyhole, Inc. A empresa start-up desenvolveu um produto chamado Earth Viewer, que dava uma visão 3-D da Terra. O Google renomeou o serviço para Google Earth, em 2005. Dois anos depois, o Google comprou o site de vídeos online YouTube por US$ 1,65 bilhões em ações. Em 13 de abril de 2007, o Google chegou a um acordo para adquirir a DoubleClick por US$ 3,1 bilhões, dando ao Google relacionamentos valiosos que a DoubleClick teve com os editores da web e agências de publicidade. Mais tarde, naquele mesmo ano, o Google adquiriu a GrandCentral por US$ 50 milhões. O site mais tarde seria alterado para Google Voice. Em 5 de agosto de 2009, o Google comprou a sua primeira empresa pública, com a compra da fabricante de softwares de vídeo On2 Technologies por US$ 106,5 milhões. O Google também adquiriu a Aardvark, um motor de busca de redes sociais, por US$ 50 milhões. Google comentou em seu blog interno, "estamos ansiosos para colaborar para ver onde podemos ir." E, em abril de 2010, o Google anunciou que tinha adquirido uma start-up de hardware, a Agnilux.
 Além das inúmeras empresas que o Google comprou, a empresa firmou parceria com outras organizações para tudo, desde pesquisa à publicidade. Em 2005, o Google fez uma parceria com o NASA Ames Research Center para construir 93.000 m² de escritórios. Os serviços seriam usados para projetos de pesquisa envolvendo gestão de dados em grande escala, nanotecnologia, computação distribuída e indústria espacial empresarial. Mais tarde naquele ano, o Google firmou uma parceria com a Sun Microsystems, em outubro de 2005 para ajudar a compartilhar e distribuir outras tecnologias. A empresa também fez uma parceria com a AOL, da Time Warner, para aumentar outros serviços de busca de vídeo. As parcerias do Google em 2005 também incluiu o novo financiamento do domínio de topo .mobi para dispositivos móveis, juntamente com outras empresas, incluindo a Microsoft, Nokia e Ericsson. O Google, mais tarde, lançou o "AdSense for Mobile", aproveitando o mercado emergente de publicidade móvel. Ampliando sua publicidade para chegar ainda mais longe, o Google e a Fox Interactive Media, da News Corp, entraram em um acordo de US$ 900 milhões para fornecer a busca e publicidade no popular site de redes sociais MySpace.
 Sede do YouTube em San Bruno, Califórnia. A empresa foi adquirida pela Google em outubro de 2006.
Em outubro de 2006, o Google anunciou que havia adquirido o site de compartilhamento de vídeos YouTube por US$ 1,65 bilhão em ações do Google e o negócio foi concluído em 13 de novembro de 2006. O Google não oferece números detalhados para os custos de funcionamento do YouTube e as receitas do YouTube em 2007 foram anotadas como "não materiais" em um arquivamento regulador. Em junho de 2008, um artigo da revista Forbes projetou a receita do YouTube em US$ 200 milhões para 2008, registrando progressos na venda de publicidade. Em 2007, o Google começou a patrocinar o NORAD Tracks Santa, um serviço que pretende acompanhar o progresso do Papai Noel na véspera de Natal, usando o Google Earth para "acompanhar o Papai Noel", pela primeira vez, em 3-D, e deslocando a ex-patrocinadora da AOL. O YouTube criou um canal de vídeos para o NORAD Tracks Santa.
Em 2008, o Google desenvolveu uma parceria com a GeoEye para lançar um satélite que fornece ao Google imagens com alta resolução (0,41 m monocromáticas, a cores 1,65 m) para o software Google Earth. O satélite foi lançado da Base da Força Aérea de Vandenberg em 6 de setembro de 2008. O Google também anunciou em 2008 que estava hospedando um arquivo de fotografias da revista Life como parte de sua mais recente parceria. Algumas das imagens no arquivo nunca foram publicados na revista. As fotos foram filigrana e originalmente havia postado avisos de direitos autorais em todas as fotos, independentemente do status de domínio público.
 Em 2010, o Google Energy fez seu primeiro investimento em um projeto de energia renovável, a colocação de 38,8 milhões dólares em dois parques eólicos na Dakota do Norte. A companhia anunciou que os dois locais vão gerar 169,5 megawatts de potência, ou o suficiente para abastecer 55.000 casas. As fazendas, que foram desenvolvidos pela NextEra Energy Resources, vai reduzir o uso de combustíveis fósseis na região. NextEra Energy Resources vendeu ao Google uma participação de 20% do projeto, a fim de obter financiamento para o desenvolvimento do projeto. Também em 2010, o Google comprou a Global IP Solutions, uma empresa baseada na Noruega, que prevê teleconferência baseada na web e outros serviços relacionados. Esta aquisição permitirá à Google incluir serviços de telefonia à sua lista de produtos. Em 27 de maio de 2010, o Google anunciou que também fechou a aquisição da rede de publicidade móvel AdMob. Essa compra ocorreu dias após a Federal Trade Commission encerrar a sua investigação sobre a compra. O Google adquiriu a empresa por uma quantia não revelada. Em julho de 2010, o Google assinou um acordo com um parque eólico de Iowa para comprar 114 megawatts de energia para 20 anos.

Em 20 de janeiro de 2011, a empresa anunciou que Larry Page vai ser o novo CEO a partir de 4 de abril. Eric Schmidt, deixa o cargo depois de 10 anos e assume a diretoria executiva, concentrando-se principalmente em parcerias e assuntos governamentais. Sergey Brin cuidará de projetos estratégicos e será responsável pelos novos produtos da empresa.
 Em 2011 um acionista processou a empresa, alegando que estava permitindo que farmácias canadenses veiculassem anúncios de remédios que precisam de prescrição.
(Fonte: Wikipédia)

Nenhum comentário:

Postar um comentário